quarta-feira, 17 de janeiro de 2007

Chloe

A personagem Chloe do seriado Smallville pode ser considerada a representante perfeita daqueles que amam e não são correspondidos. Ela não tem aquela beleza arrasa-quarteirão, mas seu jeitinho é cativante e invariavelmente ela se dá mal na sua vida amorosa.

No episódio 16 da segunda temporada ela lê uma carta para Clark, aproveitando um momento em que ele está doente e inconsciente. É essa carta que transcreverei agora:

"Querido Clark - Quero te contar um segredo...

Clark, eu não sou quem você pensa que sou. Na verdade, o meu disfarce é tão frágil que estou surpresa que ainda não viu através dele. Eu sou a garota dos seus sonhos disfarçada de sua melhor amiga.

Às vezes, eu quero arrancar essa fachada como eu fiz no baile de Primavera. Mas eu não posso, pois você se assustaria e sairia correndo novamente. Então, eu decidi que é melhor viver com essa mentira do que expor os meus verdadeiros sentimentos. "

Uma pausa e ela diz: "Isso é tão mais fácil quando você está inconsciente..."

Continuando a carta: "Meu pai me disse que há dois tipos de garotas: as que com o tempo te repelem e as que com o tempo te atraem. Espero que eu seja a última. Eu posso até não ser aquela que você ama hoje, Clark, e isso me machuca. Mas eu vou te deixar ir agora esperando que um dia você voe de volta para mim. Porque eu acho que você vale a espera."

Depois disso Clark num delírio diz: "Lana" e Chloe sai arrasada... cena de cortar o coração.

Quem nunca se sentiu assim?

Nenhum comentário: